Tag Archives: corretora de seguros



As 13 melhores seguradoras do Brasil em 2018

Quer ter certeza de que fez uma boa escolha? Confira a lista com as melhores seguradoras para o seu veículo.

Ter um seguro auto é muito importante para se sentir protegido em caso de imprevistos como acidente e furto, por exemplo. Mas de nada adianta se a sua seguradora não prestar um bom serviço, não é mesmo?

Existem algumas dicas para a hora de contratar um seguro auto, que podem evitar frustrações. Uma delas é pesquisar para saber quais são as melhores seguradoras, como vamos mostrar mais à frente. Converse também com parentes e amigos, peça indicações e troque experiências.

Também é importante comparar os preços, pois duas boas seguradoras podem oferecer valores bem diferentes pelos mesmos serviços. Aqui na NobreSeg você faz a cotação e recebe informações de várias empresas, podendo comparar antes de fechar a apólice.

Mas fique atento: saiba até quanto pode pagar de franquia em caso de acidente. E cuidado com a tentação da cobertura básica. Apesar dela ser mais barata, uma proteção mais completa pode ser a ideal para quem tem um bom histórico de sinistros. Esteja atento ao seu perfil e as suas necessidades para entender qual é o melhor seguro para você.

Enfim, vamos às melhores seguradoras do Brasil em 2018! Escolha uma dessas 13 empresas e fique despreocupado!

Porto Seguro

Fundada em 1945, a Porto Seguro hoje conta com mais de 14 mil funcionários e 29 mil corretores espalhados pelo Brasil. Atualmente, a empresa oferece mais de 50 produtos, além do seguro auto.

Uma das melhores seguradoras do Brasil, a Porto conta com diversas opções de apólice, atendendo a públicos distintos. São vários os seguros auto, entre eles o Seguro Auto Premium, Auto Mulher, Auto Jovem, Seguros Táxi, Caminhão e Moto.

A Porto Seguro já foi eleita a Marca Mais Amada do Brasil pela Revista Consumidor Moderno, na categoria Seguro de Automóveis, além de ter ficado entre as 5 empresas mais hospitaleiras do Brasil, segundo a Pesquisa Instituto Brasileiro de Hospitalidade Empresarial (IBHE).

Saiba mais sobre a Porto Seguro e outras das melhores seguradoras
Porto Seguro oferece boa variedade de seguros

Itaú Seguros

Vinculada ao Banco Itaú, a seguradora aparece entre as melhores do Brasil, principalmente para correntistas do banco. Incorporada a Porto Seguro em 2009, ela oferece seguro de vida e acidentes pessoais, seguro residência, viagem, de cartões e, claro, seguro auto.

Quem é cliente Itaú tem até 10% de desconto nos seguros e ainda pode parcelar em até 5 vezes. Usuários do cartão Itaucard podem ainda trocar os pontos do Programa Sempre Presente por descontos para contratar ou renovar um seguro.

Azul Seguros

Mais uma seguradora do Grupo Porto Seguro, a Azul foi incorporada em 2003 e, em 2016, foi a primeira empresa a oferecer seguro auto popular, possibilitando o aumento do número de carros protegidos no Brasil, ao oferecer um serviço com preço até 30% mais baixo.

No mercado há mais de 100 anos, a Azul se chamava AXA Seguros até 2003. Quem contrata a empresa tem 3 opções de proteção: Azul Seguro Auto, Azul Seguro Auto Leve e Azul Seguro Auto Popular. Este último permite o uso de peças usadas no conserto do automóvel, o que barateia o valor do prêmio.

Bradesco Seguros

A Bradesco Seguros é uma das maiores e melhores seguradoras da América Latina. Ela atua no Brasil desde 2004 oferecendo proteção para automóveis, saúde, capitalização, previdência privada, seguro de vida, entre outros produtos.

São mais de 1,4 milhão de veículos cobertos com seguros como o Bradesco Seguro Auto Exclusivo Cliente, com vantagens para correntistas do banco, o Bradesco Seguro Auto Mulher e o Assistência Total. Clientes do banco têm desconto na contratação dos serviços.

Uma das vantagens da Bradesco Seguros são os descontos oferecidos em diversos serviços. Você pode ter de 10% a 30% de desconto em estacionamentos em diversas cidades brasileiras, até 30% em chaveiros, e até 50% em pneus e serviços, por exemplo.

SulAmérica

Atuando há mais de 120 anos no Brasil, a SulAmérica é uma das maiores e melhores seguradoras do país. São mais de 7 milhões de clientes distribuídos entre os produtos que a empresa oferece.

Entre as modalidades de seguro auto oferecidas estão a convencional, a voltada para o público feminino, e a destinada a carros 0 km. Clientes da SulAmérica têm desconto em diversos estabelecimentos, como locadoras de carro, oficinas e até lojas online como de roupas e calçados.

Entre as melhores seguradoras do Brasil está a SulAmérica Seguros
SulAmérica Seguros é uma das melhores seguradoras do Brasil

MAPFRE

A MAPFRE faz parte de um grupo espanhol, que está entre os maiores do mundo nos mercados segurador, financeiro, de saúde e pesquisa do mundo. No Brasil desde 1992, a MAPFRE é uma das melhores seguradoras para quem busca por uma empresa sólida. Ela está presente em 49 países, espalhados pelos cinco continentes.

Os seguros auto da MAPFRE são bastante variados. O AutoMais é o mais comum, enquanto o AutoMais Responsável cobre também danos causados a terceiros. Tem ainda uma modalidade diferenciada, o AutoMais Gold, e também seguros para caminhão e táxi, por exemplo.

Em 2017, a MAPFRE foi eleita a seguradora mais sustentável pelo quinto ano consecutivo. A premiação foi pelo Guia Exame de Sustentabilidade. No mesmo ano, a empresa ficou em primeiro lugar no quesito Seguros, Previdência e Capitalização, na premiação Estadão Empresas Mais, do jornal O Estado de S. Paulo.

HDI Seguros

Fundada em 1903 na Alemanha, a HDI Seguros está no Brasil há quase 40 anos, representada por mais de 60 filiais e escritórios espalhados pelo país. O principal produto da empresa é o HDI Auto Perfil, que leva em consideração a rotina e os hábitos do condutor do veículo.

Entre as coberturas adicionais oferecidas, a HDI dispõe de extensão de perímetro aos países das três américas, além de cobertura para acessórios, como kit gás. Já as assistências 24 horas são para guincho, socorro auto, táxi, troca de pneus, chaveiro e pane seca.

Tokio Marine

Do Japão para o Brasil, a Tokio Marine atua no país desde 1959. Mas sua história começou bem antes, em 1879. Há mais de 130 anos no mercado, a Tokio Marine atua em quase 40 países. Hoje, conta com atendimento em todo o Brasil, com 72 unidades de negócios. São mais de 1.700 colaboradores e 20 mil corretores e assessorias prontas para te atender no território nacional.

Como uma das melhores seguradoras do Brasil, a Tokio Marine oferece diferentes opções de seguro auto para carros de passeio. Entre eles está o Seguro Auto, o Auto Roubo + Rastreador, e o Auto Popular.

Allianz

Com nome que significa aliança em alemão, a Allianz foi fundada em Berlim há quase 130 anos, e hoje atua em mais de 70 países. Uma das maiores e melhores seguradoras do Brasil, a Allianz chegou por aqui em 1908 e, atualmente, conta com 60 filiais no Brasil.

A empresa oferece, basicamente, quatro opções de seguro auto: Compacto (com duas opções), Ampliado (com duas opções), Especial e Exclusivo.

Entre as 13 melhores seguradoras do Brasil está a Allianz Seguros
Alemã Allianz é mais uma seguradora estrangeira que atua no Brasil

Suhai

Fundado em 1991, o Grupo Suhai deu origem à Suhai Seguradora em 2012. O lançamento do novo produto visava oferecer uma proteção básica e com valores mais baixos do que os oferecidos pelo mercado.

Para quem tem carros mais antigos, a Suhai pode ser a melhor seguradora. Isso porque conta com proteção contra furto e roubo que aceita veículo de qualquer marca, modelo e ano. A empresa afirma ainda que os valores são até 80% mais em conta que outros seguros completos.

Leia também: https://www.nobreseg.com.br/os-precos-dos-seguros-dos-carros-mais-visados-para-roubo-e-furto

Sompo

Mais uma empresa de origem japonesa na lista de melhores seguradoras, a Sompo faz parte do grupo estrangeiro Sompo Holdings, que atua há mais de 120 anos em 32 países. No Brasil, a Sompo é a antiga Marítima Seguros.

Quem procura a Sompo para fazer um seguro, encontra opções como o Seguro Auto Convencional e o Auto Supremo, pensado para carros que valem a partir de R$100 mil.

Liberty

Também centenária, a Liberty é uma empresa nacional, fundada em 1906 em São Paulo. Seu nome original era Seguros Marítimos e Terrestres, passando a se chamar Liberty Seguros após a incorporação ao grupo estrangeiro Liberty Mutual, em 1996.

No geral, os seguros da Liberty oferecem cobertura completa. Há algumas opções como a proteção Auto Consciente, a Auto Essencial, a Auto Exclusivo, a Auto Perfil, além do seguro pensado para caminhões.

Liberty Seguros é uma seguradora brasileira que está entre as melhores
A brasileira Liberty Seguros pertence a um grupo internacional, entre os melhores do mundo

Aliro

A Aliro é uma marca da Liberty Seguros lançada em 2017. A proposta da empresa é oferecer proteções mais simples por um preço mais acessível, sem abrir mão da qualidade do atendimento da Liberty. Sendo assim, ela é uma das melhores seguradoras para quem proteger seu automóvel, mas sem gastar muito.

São oferecidas duas opções de seguro, o Auto M e o Auto P. Ambos podem ser customizados de acordo com a preferência e com o bolso do cliente. Eles também oferecem assistência 24 horas com reboque, chaveiro, táxi para voltar para casa e socorro mecânico.

 

Fonte: Genial

 

Cotação Online: https://www.nobreseg.com.br/contato/

Veja também: https://www.nobreseg.com.br/a-importancia-dos-corretores-de-seguros/

Entenda como funciona a Tabela FIPE

 

Feirão de carros usados

Os valores da Tabela Fipe são usados como base para a maioria das negociações de carros usados e seminovos (Ciete Silverio/Quatro Rodas)

A tabela FIPE, criada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, é a principal referência no mercado de carros usados e seminovos, além de ser usada como base para contratos e seguros.

Mas a forma como ela é desenvolvida e eventuais discrepâncias com o mercado ainda geram dúvidas em algumas pessoas.

A FIPE foi criada em 1973 para auxiliar a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. O órgão presta serviços ao governo e empresas privadas, e tem no Preço Médio de Veículos, também chamada de Tabela FIPE, um de seus principais produtos.

O índice é baseado na coleta de preços de carros, motos e caminhões usados, seminovos e novos no mercado nacional. Em posse dos valores, pesquisadores descartam os preços muito altos, baixos ou com alguma discrepância estatística. Os números restantes são usados para criar uma média, e é esse o valor que vai constar para aquele determinado veículo na tabela.

A tabela é atualizada mensalmente, e cada pesquisa pode ser refinada com a versão, motorização e ano-modelo do automóvel em questão.

Hoje, o índice continua a ser a principal referência para lojistas, comerciantes e vendedores. Ele também serve de base para o cálculo de seguros e tributos, como o IPVA. Mas ninguém é obrigado a segui-la ao pé da letra.

A FIPE explica que o índice é uma referência, e que ele pode receber fatores de correção para cima ou para baixo, de acordo com o estado de conservação do veículo e outras diferenças pontuais, como sua localização (picapes, por exemplo, são mais valorizadas no centro-oeste).

Por isso, é comum encontrar anúncios com valores distantes do indicado pela FIPE para aquele modelo. O proprietário também tem o direito de cobrar o valor que acha o mais justo para aquele veículo, podendo pedir um preço muito alto por um veículo raro ou com quilometragem extremamente baixa, por exemplo.

A presença de intermediadores (como lojas e sites de venda) em carros anunciados também costuma gerar valores acima dos tabelados pela FIPE, pois incluem comissões e margens de lucro.

 

Para consultar a Tabela FIPE: http://veiculos.fipe.org.br/

Fonte: Quatro Rodas

 

Veja Também: https://www.nobreseg.com.br/5-motivos-para-contratar-um-seguro-para-o-seu-automovel/

Sinistro em Seguro Auto

O que é um Sinistro?

Sinistro é todo tipo de ocorrência prevista no contrato de seguro, de natureza súbita, involuntária e imprevista. Basicamente, são os acidentes de trânsito, incêndio acidental, furto, roubo que envolva o veículo segurado.

É importante que você, segurado, conheça bem as situações que as seguradoras caracterizam como sinistro antes de fazer uma cotação de seguro auto, para não ter dor de cabeça com eventos não cobertos por ela. Fique atento também aos processos de regulação e liquidação dos mesmos. É grande o número de pessoas que deixam para conhecer esses pontos somente na ocorrência de um sinistro, o que pode causar complicações geradas por nervosismo ou desconhecimento.

Os sinistros podem ser caracterizados como Parciais ou Integrais. O sinistro parcial é quando o veículo sofre uma colisão ou qualquer outro dano que não atinja 75% do valor do carro. Ultrapassando essa porcentagem, é definido como Perda Total (o famoso “PT”), significando assim como sinistro integral.

Exemplo: Caso bata seu veículo e cause quebra de parachoque, o dano será considerado como parcial; Já em casos onde o conserto ultrapasse mais de 75% do valor total do carro (caso o conserto de um carro de 100 mil reais saia por 75 mil, por exemplo), o sinistro é considerado como integral. Casos de roubo e furto, onde não haja recuperação do carro, também são considerados como danos integrais.

Ao passar por uma situação de sinistro, o segurado deverá passar um procedimento padrão, em um prazo máximo de 30 dias:

  • Apuração de danos, onde a causa, natureza e extensão das avarias serão levantadas por meio de vistorias, registros policiais e tantos outros;
  • Regularização, onde ocorre a análise do evento, definindo se ele está realmente coberto ou não;
  • Liquidação, na qual se realiza o pagamento da indenização, ou encerra-se o processo sem indenização.

Veja o que fazer em caso de sinistro.

O que eu faço se eu bater no carro de alguém?

Primeiramente, siga as instruções gerais para sinistro no link acima.

Caso você tenha cobertura de seguro contra danos a terceiros, você pode utilizá-la. A cobertura funciona como qualquer outra, e a ocorrência se caracteriza como sinistro da mesma forma. No entanto, ao acioná-la, você perderá um ponto de sua classe de bônus, o que faz valer a pena avaliar se vale ou não a pena acionar a seguradora nesses casos.

Exemplo: Após uma colisão o conserto de veículo do terceiro ficou em 10 mil reais. Nesse caso pode ser interessante acionar a seguradora, que arcará com os custos da oficina. Agora, se o conserto ficar em torno de 150 reais, é importante levar em consideração se vale a pena acionar a seguradora e perder uma classe de bônus por esse valor.

O seguro contra danos a terceiros é ausente de franquia, mas é considerado como a utilização da Classe de Bônus.

É importante lembrar que caso haja ocorrência de feridos, você deve chamar imediatamente o serviço de emergência, e aguardar no local junto aos feridos.

O que eu faço se roubaram meu carro?

Caso seu carro seja roubado ou furtado, o primeiro passo que você deverá tomar é abrir um boletim de ocorrência (B.O) na delegacia, informando sobre o crime. Logo em seguida, entre em contato com sua seguradora ou corretora, informando a ocorrência do sinistro.

É importante lembrar que o boletim de ocorrência é item obrigatório para que haja o reembolso da seguradora, pois o mesmo serve como item comprobatório do sinistro.

Caso não seja possível encontrar o carro – ou se o mesmo encontrar-se com danos que ultrapassem 75% de seu valor total (caracterizando Perda Total) – você receberá o reembolso.

Caso o veículo seja localizado com danos abaixo dos 75% de seu valor, então a seguradora entrará com a cobertura parcial, o que irá exigir utilização de sua franquia (caso a tenha contratado no seguro).

Documento sinistro – Quais eu preciso para dar entrada ao pedido de indenização?

Cada seguradora pode definir quais os documentos necessários para realizar o pedido de indenização. Por isso é importante entrar em contato com a sua corretora ou seguradora, através do site ou telefone, para verificar a lista solicitada. Os documentos também podem variar conforme o tipo de sinistro.

Alguns dos documentos mais comuns a serem solicitados para abrir o pedido de indenização são: informações de data, horário e local do sinistro, boletim de ocorrência, CNH do condutor, CRLV do veículo, formulário de sinistro da seguradora e documentos pessoais do condutor.

Quanto tempo vou levar para receber indenização após um sinistro parcial?

Sinistro parcial é quando o veículo sofre danos que podem ser consertados. Na ocorrência desses casos, a seguradora geralmente paga o custo do reparo diretamente à oficina. Ao segurado caberá o pagamento da franquia, que deverá ser feito diretamente para a oficina também.

Caso o acidente tenha causado danos ao carro de terceiros, na maioria dos casos a seguradora paga a indenização dos prejuízos diretamente à oficina mecânica.

As seguradoras costumam autorizar os reparos do veículo em um ou dois dias após o segurado providenciar o aviso de sinistro e encaminhar o carro para a oficina escolhida.

Qual será o valor da indenização se eu passar por um sinistro?

Geralmente as seguradoras realizam o pagamento de indenização integral (quando há perda que ultrapasse 75% do valor do veículo) baseadas no valor de mercado, descrita pela Tabela Fipe.

Na negociação do contrato, você pode escolher um percentual que irá ser aplicado sobre o valor encontrado na tabela (fator de ajuste). Esse percentual tem como objetivo ajustar o valor tabelado ao valor de mercado real do veículo segurado, considerando demais características particulares como conservação, por exemplo.

Fonte: Bidu

veja também: https://www.nobreseg.com.br/as-3-falhas-mais-comuns-nos-carros-brasileiros/.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!